Aiwass

Thelema template.gif

Thelema
Termos & Conceitos
Livro da Lei
Números em Thelema
Aleister Crowley


Nuit | Hadit | Horus
Babalon | Chaos
Aiwass | Ankh-af-na-khonsu


93
Abrahadabra
Aeons
Agape
Ânsia de Resultado
AUMGN
Dizendo Vontade
Chefes Secretos
Choronzon
Cidade das Pirâmides
Corpo de Luz
Estela da Revelação
Grande Obra
Magick
Noite de Pan
Sagrado Anjo Guardião
Sagrados Livros de Thelema
Verdadeira Vontade

"Vê! é revelado por Aiwass o ministro de Hoor-paar-kraat." - Liber AL vel LEGIS I:7

Aiwass é referida como a figura que ditou o trabalho a Aleister Crowley nos três dias de escritura do Livro da Lei em 1904. Detalhes desses eventos são dados no capítulo 7 do Equinócio dos Deuses (The Equinox of the Gods).

É impossível discutir sobre Aiwass sem se referir ao Livro da Lei, pois é através desse trabalho que aprendemos sobre a natureza de Aiwass. É certo que o Liber AL fora escrito em um estilo complentamente diferente do estilo de Crowley. Um cuidadoso estudo desse trabalho revelou que ele está repleto de chaves cabalísticas e outros mistérios, muitos dos quais ainda permanecem insolúveis. Esse quebra-cabeças associado ao rítmo precipitado da caneta de Crowley tornou quase certo que o trabalho viera de alguma forma de inteligência superior comunicando a mensagem de novo aeon através de Crowley. Essa inteligência é Aiwass.

Aiwass declara-se ser o ministro de Hoor-paar-kraat, um deus dos antigos egípcios conhecido como Harpocrates. Harpocrates é uma forma do deus Horus representado como uma criança inocente. Sua mãe é Nut ou Nuit no Liber AL. Essa atribuição enfatiza mais ainda a função de Aiwass na entrega da palavra da Criança Coroada e Conquistadora.

Aleister Crowley acreditava que Aiwass tinha sido um dos Mestres Secretos da A.'.A.'. Crowley eventualmente também considerou Aiwass ser seu Sagrado Anjo Guardião.

Guematria

Segundo o Equinócio dos Deuses, Aiwass pode ser escrito de duas maneiras diversas: Aiwass ou Aiwas.

A primeira forma possui soma guemátrica de 418, e a segunda de 93.


   Esta página foi acessada 35 889 vezes.
O Ocultura utiliza o MediaWiki Valid XHTML 1.0 Transitional Valid CSS!