Os Amantes

De Ocultura
Revisão de 13h44min de 29 de novembro de 2008 por Leticiacopetti (discussão | contribs)
Ir para navegação Ir para pesquisar
Template tarot2.jpgTarot | Tarot de Thoth
Arcanos Maiores: O Louco - O Mago - A Sacerdotisa - A Imperatriz - O Imperador - O Hierofante - Os Amantes - A Carruagem - Ajustamento - O Eremita - A Fortuna - Tesão - O Enforcado - Morte - A Arte - O Diabo - A Torre - A Estrela - A Lua - O Sol - O Aeon - O Universo
Arcanos Menores: Paus | Copas | Espadas | Discos
Os Amantes

Os Amantes representa o casamento dos opostos e o inteiro das qualidades masculinas e femininas, e a união entre os Amantes. Esta vêm junto com o Leão e com o Escorpião (fogo & água) criando a dualidade. Com eles, existe a divisão e a separação. A mais alta união dos Amantes é o reconhecimento da individualidade, mesmo assim eles são ambíguos; cada um corresponde a contra - parte e a diferença do outro. A multiplicidade transforma a bipolaridade em ágape (a mutabilidade do amor). É o casamento alquímico entre o Imperador e a Imperatriz, o número seis é a síntese, a culminação e a integração. Os Amantes é a carta da união dos opostos e a antipatia do semelhante. O princípio ativo é espalhar e o princípio passivo é reunir e fecundar. Este Atu irá se transmutar mais tarde no Atu XIV, A Arte.

Interpretações - multiplicidade de emoções, necessidades, emotividade, instabilidade, união superficial, inteligência, contradição.

Caminho da Árvore da Vida - De Binah a Tiphareth

Letra Hebraica - Zayin - Espada

Valor - 7

Tattwa - Ar

Nome Místico - Crianças da Voz; Oráculo dos Deuses Poderosos.

Signo - Gêmeos

Explicação da carta em O Livro de Thoth

Esta carta e sua gêmea, XIV (A Arte), são os mais obscuros e difíceis dos Atu. Cada um destes símbolos é em si mesmo duplo, de modo que os significados formam uma série divergente e a integração da carta só pode ser reconquistada mediante casamentos e identificações reiterados, e alguma forma de Hermafroditismo.

E, no entanto, a atribuição é a assência da simplicidade. O Atu VI se refere à Gêmeos, regido por Mercúrio. A letra hebraica correspondente é Zain, que significa Espada, e a estrutura da carta é portanto o Arco de Espadas abaixo do qual o Casamento Real acontece.

A Espada é primeiramente um engenho de divisão. No mundo intelectual-que é o mundo do naipe de Espadas-ela representa análise. Esta carta e o Atu XIV juntos compõe a máxima alquímica abrangente:solve et coagula.

Esta carta é, por conseguinte, uma das mais fundamentais do Tarô. É a primeira carta na qual mais de uma figura aparece(o macaco de Thoth no Atu I é apenas uma sombra). Em sua forma original, foi a história da Criação.


Símbolos Principais

Águia - Signo de Escorpião, sublimação.

Taça - Elemento feminino

Flores - Elemento Feminino

Espadas - Divisão, vagina

Pergaminho - Sabedoria

O Eremita - Ágape, falo

Cupido - Ágape, o elemento de união dos opostos.

Lilith & Eva - Dualidade

Leão - Calor e a ação sulfurosa

Referências